musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - RAP DO AKUMA (STREET FIGHTER) - TAUZ - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Rap do Akuma (Street Fighter) letra


O guerreiro lendário, com poder, sanguinário
Não tem adversário, com meu punho eu acabo
Sou akuma akuma akuma akuma

Demônio ou akuma, me chame como quiser
Sou o seu pesadelo, enfrento o que vier
Não quis o equilibrio entre luz e escuridão
Eu me deixei tomar pela minha ambição

Pago qualquer preço em busca do poder total
Fui longe pra alcançar todo o meu potencial
Pouco importa se de todos eu tive que me afastar
Meu mestre meu irmão, eles não podem me parar

Na busca de poder com os pergaminhos proibidos
Satsui no hadou, eu escolhi esse caminho
Minha desobediência projetou o meu destino
Fui expulso por meu lider, como aluno fui banido

Só pode haver um mestre do ansatsuken
O titulo é meu, tente vencer o meu hadouken

Me tornei uma lenda com a minha obsessão
Eu tenho punho assassino, punho da destruição

O guerreiro lendário, com poder, sanguinário
Não tem adversário, com meu punho eu acabo
Sou akuma akuma akuma akuma

Após dois anos afastado, como um lobo solitário
Treinando o tempo todo, tive o corpo transformado
Preparado, convicção inabalável
Com esforço eu alcancei um poder incomparável

A natureza me ofereceu tudo o que eu preciso
Eu permaneço vivo, contra qualquer inimigo
Invencível na batalha um guerreiro sombrio
Pra chegar onde cheguei, ninguém nunca resistiu

O dark hadou, foi a força que ganhei
Enquanto não dominei, eu nunca descansei
Pra aguentar esse poder eu tive que ficar mais forte
Tornaria uma lenda ou seria minha morte

Voltei contra meu mestre e dei minha resposta
Glória imortal é o que eu carrego em minhas costas
No fim de nossa luta, estou de pé, não adianta
Seu corpo está no chão quando a tela fica branca

O guerreiro lendário, com poder, sanguinário
Não tem adversário, com meu punho eu acabo
Sou akuma akuma akuma akuma

Voltei contra meu mestre e dei minha resposta
Glória imortal é o que eu carrego em minhas costas
No fim de nossa luta, estou de pé, não adianta
Seu corpo está no chão quando a tela fica branca

O guerreiro lendário, com poder, sanguinário
Não tem adversário, com meu punho eu acabo
Sou akuma akuma akuma akuma

Tauz - Letras

©2003 - 2018 - musicas.mus.br